Pular para as informações do produto
1 de 1

Editora Konkin

LIVRO | CAPITAL E JUROS (Vol 2) | Eugen von Böhm-Bawerk

LIVRO | CAPITAL E JUROS (Vol 2) | Eugen von Böhm-Bawerk

Preço normal R$ 63,75
Preço normal R$ 75,00 Preço promocional R$ 63,75
Promoção Esgotado
Frete calculado no checkout.

Envio no próximo dia útil + prazo da transportadora (calculado no checkout).

Envio no próximo dia útil + prazo da transportadora (calculado no checkout).

Capa Dura

 

Sobre o Livro

O segundo volume aborda as teorias do trabalho relacionadas aos juros, categorizadas como Grupo Inglês, Francês e Alemão. O Grupo Inglês associa juros ao trabalho que dá origem ao capital real; o Grupo Francês considera juros como o salário do trabalho envolvido na poupança de capital; e o Grupo Alemão propõe uma sociedade onde toda renda seja derivada do trabalho, sem propriedade rentável.

A pesquisa histórica sobre autores contrários ao lucro do capitalista conduz à análise de Bawerk, que explora a teoria que sustenta o socialismo econômico: a teoria da exploração. Rodbertus defende que os bens são produtos do trabalho e custam apenas trabalho, enquanto Marx parte do princípio de que o valor de troca de bens é determinado pela quantidade de trabalho necessária para produzi-los.

 

Sobre o Autor

Eugen von Böhm-Bawerk (1851-1914) foi um economista austríaco conhecido por suas contribuições para a teoria econômica, especialmente no campo da teoria do capital e dos juros. Ele foi um dos principais representantes da Escola Austríaca de Economia, juntamente com Carl Menger e Friedrich von Wieser.

Böhm-Bawerk nasceu em Brno, na atual República Tcheca, e estudou direito e economia na Universidade de Viena. Ele foi aluno de Carl Menger e se tornou seu assistente na universidade. Böhm-Bawerk influenciou a formulação das ideias econômicas de Menger e, posteriormente, desenvolveu sua própria teoria econômica baseada em suas análises sobre capital, juros e valor.

Uma das principais contribuições de Böhm-Bawerk foi sua teoria do juro, que ele desenvolveu em seu trabalho "Capital and Interest" (1884-1914). Nesse trabalho, ele rejeitou as teorias anteriores que explicavam o juro como uma compensação pelo uso físico do capital ou como uma exploração do trabalho.

Em vez disso, ele argumentou que o juro era uma recompensa pela espera. Böhm-Bawerk sustentou que a preferência temporal desempenha um papel fundamental na determinação do juro. As pessoas têm uma preferência natural por bens presentes em relação a bens futuros, e essa preferência se manifesta na forma de juros. Ele afirmou que o juro é a diferença na valoração entre um bem presente e um bem futuro.

Além de sua teoria do juro, Böhm-Bawerk também contribuiu para a teoria do capital. Ele argumentou que o capital é uma combinação de bens presentes e bens futuros, que são utilizados no processo de produção para criar mais valor. Böhm-Bawerk enfatizou que o capital não é apenas uma quantidade de bens físicos, mas também incorpora um elemento temporal e uma relação com a preferência temporal dos indivíduos.

Outra contribuição importante de Böhm-Bawerk foi sua crítica ao socialismo. Ele argumentou que o socialismo, ao abolir a propriedade privada dos meios de produção, eliminaria a possibilidade de cálculo econômico racional e eficiente. Ele acreditava que a alocação eficiente dos recursos econômicos requer a existência de mercados e de propriedade privada, e que o socialismo levaria a uma descoordenação econômica e a uma redução da riqueza.

Böhm-Bawerk foi um economista prolífico e influente. Suas contribuições para a teoria econômica, especialmente em relação ao capital, juros e preferência temporal, foram amplamente discutidas e debatidas ao longo do século XX. Seu trabalho continua sendo relevante e seu pensamento é considerado uma parte importante do corpo teórico da Escola Austríaca de Economia.

Ver informações completas

Quer dar de presente uma das nossas camisetas, mas não sabe qual escolher??

Com o cartão presente da Tomando Partido você acerta no presente sem correr riscos.